Início Mais conteúdos Qualidade de vida Aplicativos que prometem melhorar a vida

Aplicativos que prometem melhorar a vida

72
0
qualidade de vida fitness

Profissionais indicam aplicativos para ajudar na alimentação

Quem nunca escutou que precisa de hábitos mais saudáveis para melhorar aquele problema de saúde físico ou psicológico? As orientações são bem conhecidas por quem já foi a um consultório médico. Balancear a alimentação, fazer atividade física regular, evitar situações que causem estresse, se divertir com amigos e família, relaxar. São algumas das indicações dos profissionais de jaleco. Da teoria à prática, no entanto, existem muitos entraves.

A rotina corrida e a famosa “falta de tempo” são as principais desculpas utilizadas por quem vive dias cheios de compromissos. É aí que entram aquelas ferramentas que podem ser encontradas à mão, com apenas um clique. OS Aplicativos de celular. Para quem nunca ouviu falar, são programas de computador que ajudam a desempenhar atividades. E pense em um campo de possibilidades?

São mais de 27,1 bilhões de aplicativos baixados nas lojas de Android e IOS até maio/2018. E mais, o Brasil é o terceiro país em número de downloads, atrás apenas da Índia e dos EUA, de acordo com pesquisa da Sensor Tower. Ou seja, existem aplicativos para tudo, até para o que você não imagina que exista.

Qualidade de vida

O dia se passou e você é do tipo que esquece de beber água? Quer calcular sua massa corpórea, aquela que aponta sua quantidade de gordura e massa magra? O nutricionista passou uma lista de alimentos e indicou uma reeducação alimentar? São inúmeras as opções de aplicativos. Muitos deles, gratuitos. Alguns profissionais da área, inclusive, já começaram a indicar essa ferramenta, como forma de auxiliar o paciente no controle diário de calorias. Claro que com acompanhamento prescricional.

A vida sedentária também ganhou um inimigo. Os programas que trazem uma ordem de exercícios físicos, variáveis e realizáveis em casa ou em locais abertos, sem ajuda de aparelhos de academia, têm mostrado que a única adversária do sedentarismo pode ser a vontade de mudar hábitos. Além disso, educadores físicos têm elaborado treinos com curta duração, justamente como alternativa para aquela falta de tempo tão aclamada.

Por fim, tudo pode ficar comprometido se a mudança de hábitos não vier acompanhada pelo equilíbrio psicológico. Entre as ferramentas que prometem auxiliar o controle da ansiedade, estão as que trazem mantras e comportamentos de meditação, técnicas de respiração, além das terapêuticas, como as que avaliam as fobias sociais e, baseado no diagnóstico individual, dão dicas de como evitar pensamentos negativos e proceder em situações difíceis.

DEIXE UMA RESPOSTA CADASTRANDO-SE PELO SISTEMA DO BLOG OU ROLE MAIS PARA BAIXO E COMENTE PELO FACEBOOK

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, entre com seu nome aqui.